Modelagem Orientada a Objetos

      

2007:

 

2009:

UML_13a.JPG

Para capacitar-se como desenvolvedor de software orientado a objetos com habilidade de desenvolver projeto de software – e não apenas código – quatro competências são necessárias:

·        Conhecer os conceitos referentes à modelagem: é preciso ter claro por que e para que modelar. Isso envolve desde noções de Engenharia de Software, do paradigma de orientação a objetos, até a obtenção de clareza da utilidade da modelagem em um processo de desenvolvimento, bem como dos requisitos para uma modelagem bem sucedida;

image003.jpg

·        Conhecer uma linguagem de modelagem: atualmente, o padrão internacionalmente adotado para modelagem orientada a objetos é UML – especificamente, a segunda versão. É preciso conhecer seus treze tipos de diagramas, isto é, seus elementos sintáticos e sua aplicabilidade em um processo de modelagem;

·        Saber que passos seguir: o desenvolvimento de software – e a modelagem como parte do processo – consiste em uma sucessão de esforços que, gradualmente constroem uma solução para um problema inicialmente definido. Modelar demanda seguir um caminho lógico de construção da especificação;

·        Avaliar o que for produzido: é essencial ter a capacidade de buscar inconsistências na especificação: que tipos de inconsistências devem ser procurados, onde, como, quando. Além disso, especificações de projeto podem apresentar imperfeições que não caracterizam inconsistência. Avaliar o que foi produzido inclui a busca da maximização da qualidade do processo de desenvolvimento, isto é, buscar as alternativas que privilegiem a qualidade da especificação.

O livro “UML 2 em modelagem orientada a objetos” (2007) é voltado principalmente aos dois primeiros aspectos e o livro “Como modelar com UML 2” (2009), aos dois últimos. Os dois livros compõem um curso completo de modelagem orientada a objetos com UML.

UML 2 em modelagem orientada a objetos é indicado a quem já adota uma metodologia de modelagem e deseja conhecer a segunda versão de UML e usá-la nesse contexto. “Como modelar com UML 2 é indicado para quem deseja conhecer um processo de modelagem, baseado nessa linguagem.

Conheça mais detalhes acessando a página web de cada um.

                      

Ricardo Pereira e Silva